Mais informações sobre a integração dos dados do INCT-Herbário Virtual ao iDigBio

            O iDigBio (Integrated Digitized Biocollections) é o centro coordenador do esforço nacional americano de digitação de dados de coleções biológicas (ADBC Advancing Digitazation of Biodiversity Collections) financiado pela NSF (National Science Foundation) e atualmente compartilha cerca de 50 milhões de registros de espécimes.

Componente informacional do INCT-Herbário Virtual da Flora e dos Fungos, o CRIA, pelo desenvolvimento da rede speciesLink, vem trocando experiências com a equipe do iDigBio desde 2013. Em maio de 2014 participou do simpósio “Collections for the 21st Century” e recentemente (novembro/2015) participou do 2015 iDigBio Summit.

Em abril o INCT-HVFF iniciou o processo para compartilhar os dados com o SiBBr e GBIF através da ferramenta IPT (Internet Publishing Toolkit) desenvolvida pelo GBIF. Essa integração às redes GBIF/SiBBr foi concluída em junho de 2015 e em setembro os dados também foram integrados ao portal do iDigBio, aumentando ainda mais a inserção internacional do INCT-Herbário Virtual da Flora e dos Fungos.

Nesse contexto, dados dos seguintes herbários foram integrados ao INCT-Herbário Virtual da Flora e dos Fungos: Arizona State University Lichen Herbarium (ASU-Lichen), Arizona State University Vascular Plant Herbarium(ASU-Plants), United States National Fungus Collections (BPI), CAS Botany (BOT) (CAS-BOT), Duke University Herbarium (DUKE), University of Florida Herbarium (FLAS), Robert K. Godfrey Herbarium (FSU), Farlow Herbarium, Harvard University (HU-FH), Bernard Lowy Mycological Herbarium (LSUM), University of Michigan Herbarium (MICH) e Wisconsin State Herbarium (WIS). São aproximadamente 32 mil registros de 4.676 espécies, englobando 1.728 registros de tipos e 147 registros de espécies em listas vermelhas.

(Notícia compartilhada com o blog do CRIA)

Talvez goste também de...