O Herbário Virtual da Flora e dos Fungos do Brasil comemora o Dia da Botânica

Considero que a conclusão do Catálogo das Plantas e Fungos do Brasil (2010) e o desenvolvimento do INCT- Herbário Virtual são os maiores avanços no conhecimento global da flora brasileira desde a publicação da Flora Brasiliensis de Martius (1840- 1906)“. Este foi o parecer de um dos consultores Ad Hoc na avaliação do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia – Herbário Virtual da Flora e dos Fungos do Brasil (HVFF – http://inct.florabrasil.net).

Pico da neblina bacia_Andre_do_Amaral_Nogueira

O INCT Herbário Virtual da Flora e dos Fungos comemora, no dia 17 de abril, o Dia da Botânica, data instituída pelo Decreto Lei nº 1.147, de 24 de maio de 1994, em homenagem aos 200 anos do nascimento de Carl Friedrich Philipp von Martius (1794-1868), naturalista alemão que chegou ao Brasil em 1817, como parte da comitiva que acompanhou a Imperatriz Leopoldina, esposa de Dom Pedro I. O homenageado foi o primeiro editor da Flora Brasiliensis (1846-1906), a mais monumental obra já realizada sobre a flora de um país.  Nessa obra de 15 volumes foram descritas 22,7 mil espécies de plantas, quase 6 mil novas para a ciência. Graças à iniciativa da Universidade Estadual de Campinas e do Missouri Botanical Garden,  implementada pelo Centro de Referência em Informação Ambiental -CRIA, a obra foi digitalizada e disponibilizada on-line em 2005.

De lá para cá uma revolução aconteceu e a botânica cresceu vertiginosamente. Em 2009, o INCT Herbário Virtual começou a abrir a caixa preta dos herbários, isto é, disponibilizar as informações existentes sobre a biodiversidade brasileira guardadas nos herbários do país e do exterior. No início, 26 herbários e 1,6 milhão de amostras estavam disponíveis. Hoje, somam-se 87 herbários nacionais e seis internacionais e mais de 4,5 milhões de registros on-line, o que gerou a incrível marca de 387 milhões de dados consultados em 2013.

O trabalho colaborativo dos herbários, disponibilizando seus dados através do INCT-Herbário Virtual permitiu que os botânicos pudessem inventariar a diversidade vegetal do país, reconhecendo a existência de mais de 40 mil espécies de plantas e fungos, o que faz da flora e da micota brasileiras a mais rica do planeta.

Ganha com isso a sociedade brasileira, que com essas informações disponibilizadas pode melhor estudar, planejar ações e monitorar  de forma adequada a biodiversidade. Ganha a ciência botânica e áreas correlatas, que tem à disposição – em segundos – uma quantidade de dados jamais imaginável há uma década.

Parabéns aos botânicos pelos avanços alcançados e pelo seu dia!

Leonor Costa Maia

p/Comitê Gestor do INCT- Herbário Virtual da Flora e dos Fungos do Brasil

Talvez goste também de...