(PACA) Herbarium Anchieta

O Herbarium Anchieta foi fundado em 1932, no Colégio Anchieta, Porto Alegre, RS, por Balduíno Rambo, daí a sigla PACA (Porto Alegre, Colégio Anchieta). Atualmente encontra-se no Instituto Anchietano de Pesquisa/UNISINOS, São Leopoldo, RS. Conta com um acervo de aproximadamente 140.000 exemplares abrigando as coleções históricas e científicas de Balduíno Rambo (Flora Brasiliae Australis-Angiospermas), a coleção de Aloysio Sehnem (Plantas do sul do Brasil – Pteridófitas e Briófitas), a coleção de Johannes Evangelista Rick, considerado “pai da micologia brasileira” (Fungi Rickiani– Fungos), sendo esta uma das maiores coleções da América Latina, a coleção de Tipos nomenclaturais com cerca de 600 exemplares, uma coleção de madeiras e as coletas de pesquisadores associados. O herbário ainda conta com um amplo espaço para armazenamento, conservação e curadoria das coleções, atendimento a alunos, professores e pesquisadores visitantes e uma biblioteca setorial especializada com obras raras, livros, periódicos nacionais e internacionais.

O herbário mantém intercâmbio com outros herbários nacionais e internacionais, através de empréstimos, permutas e doações integradas ás pesquisas. Além disso, o herbário recebe frequentemente visitas de pesquisadores de diferentes instituições de ensino e pesquisa, que utilizam o acervo para desenvolver monografias de conclusão de curso, dissertações e teses. Também mantém intercâmbio, através da Revista Pesquisas, Botânica.

Os dados das coleções de fungos, angiospermas, gimnospermas e pteridófitas já encontram-se disponíveis no Specieslink.