(RFA) Universidade Federal do Rio de Janeiro

O Herbário do Departamento de Botânica da UFRJ teve sua origem em 1953 no antigo curso de História Natural da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, a partir da coleção da Flora Européia do botânico Suíço J. B. Ducommum (1818-1895). A coleção originalmente foi criada com o objetivo de servir como suporte didático às disciplinas de Botânica Clássica, Botânica Aplicada a Farmácia, Botânica Econômica e Paisagismo. Devido a inúmeras reformas no ensino, a guarda dessa coleção foi transferida várias vezes e atualmente encontra-se no Departamento de Botânica do Instituto de Biologia.

Passou a figurar como coleção científica na lista oficial de herbários do mundo (Index Herbariorum) em 1978 com a sigla RFA.

O Herbário RFA apoia o ensino, pesquisa e a extensão, mantendo intercâmbio científico com inúmeros Herbários nacionais e internacionais. O RFA, por se encontrar em uma instituição de ensino, é também visitado e utilizado pelo corpo discente, sendo um dos fatores que subsidia a excelência do ensino na UFRJ.

Em 2006 foi implantado o sistema de informatização conhecido como BRAHMS (Botanical Research and Herbarium Management System) desenvolvido pela Universidade de Oxford. Os dados de cada exsicata foram inseridos principalmente por estagiários do Programa Jovens Talentos da Ciência da FAPERJ.

Em 2016 o Herbário RFA passou a fazer parte do projeto REFLORA, onde por um ano contou com um bolsista para o trabalho de informatização dos dados. Neste período todos os dados já incluídos no BRAHMS migraram para o programa JABOT.

Em 2017 recebemos dois novos técnicos, que fazem parte do quadro de funcionários do RFA. O Herbário conta com dois Curadores (Dra. Rosana C. Lopes e Dra. Lana da S. Sylvestre) e três Técnicos (Jorginaldo W. de Oliveira, Erika V. S. de Souza Medeiros e Carla Y G. Manão).

Atualmente, o acervo consta de cerca de 42.743 espécimes entre Fanerógamos e Criptógamos representativos da Flora do Estado do Rio de Janeiro, além de outras localidades brasileiras e de países europeus e latino-americanos. Destes exemplares, 23.169 foram informatizados e encontram-se disponíveis para consulta. Entre as coleções mais representativas estão as coletas realizadas pelos ilustres botânicos G. Hatschbach, A. P. Duarte, P. Occhioni e C. T. Rizzini.

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Instituto de Biologia

Departamento de Botânica

Endereço para correspondência: Rua Rodolpho Paulo Rocco, s/n, Bloco A, sala A1-066, Centro de Ciências da Saúde (CCS), Ilha do Fundão, Cidade Universitária-RJ. CEP: 21.941-617.